Viaje para Tanzânia. Saiba tudo sobre esse destino.

A África é o berço da humanidade, especialmente a Tanzânia onde encontraram os ossos dos primeiros homens que viveram aqui na Terra. Ou seja é a nossa mãe Terra e por esse motivo decidimos ter esse destino como o nosso número um!

Muitos acreditam que é lá a raiz de nosso planeta e do surgimento de todas as espécies. Por isso um país rico em cultura, biodiversidade natural, história, músicas, além de coisas incríveis e exclusivas que você irá ter o privilégio de conhecer

Vamos lá te apresentar a Tanzânia

O que ver lá

As tribos Maasai estão presentes em toda a Tanzânia e região, e elas representam a cultura e biodiversidade africana da forma mais completa possível.

A arte através das Kangas coloridas e suas missangas, seus rituais e crenças, além da forma de viver em contato direto com a natureza.

A Cratera de Ngorongoro, uma das maiores caldeiras (estrutura vulcânica que colapsou) intactas do mundo, pode ser considerada um dos lugares de beleza natural mais incríveis da Tanzânia.

Se tiver vontade, vá para uma escalada a um dos símbolos da África, o monte Kilimanjaro, ponto culminante.

Desafios

A África sofre muito com saúde, educação, alimentação e falta de recursos básicos colocando a Tanzânia em um dos destinos mais procurados para quem busca enxergar de perto a realidade dos países subdesenvolvidos e sair da sua zona de conforto.

As comunidades precisam de carinho, alegria e esperança para enfrentar essa dura realidade. Essa forma de ajudar lhe trará outro sentido ao ver o mundo.

Tours disponíveis

VISITA A TRIBO MAASAI
Um dia inteiro de imersão na cultura Maasai. Um guia local te levará até a tribo e você vai aprender sobre suas crenças e hábitos. Além disso, visitará um mercado local onde terá o privilégio de conhecer toda a arte manual feita pelos maasais.
AULA DE BATUCADA AFRICANA COM NATIVOS
Aprenda como tocar e construir o seu próprio batuque com materiais locais. Visite um vilarejo onde os próprios nativos irão te ajudar a construir o batuque com materiais próprio como pele de cabra ou vaca, madeira e outros itens. Você terá um um batuque rústico e único no final do tour e que poderá levar para casa como souvenir. Além disso, irá assistir ao show local de batuque e você poderá interagir com eles. Duração: 3 dias para construir o batuque (durante o trabalho voluntário) e um dia para visitar o vilarejo.
TREKKING NAS MONTANHAS DE ULUNGURU
Um dia de caminhada pelas Montanhas de Uluguru (treking de 2,630 metres). A caminhada é moderada e pode ser feita em ritmo lento. Você conhecerá uma cachoeira e mais de 50 vilas locais ao longo do caminho, além de muito floresta e área verde. Transporte, comida e água filtrada estão inclusos.
WAMI MBIKI BY BIKE
Conheça o Parque Natural em uma aventura de bike. Saída cedo da manhã de bike rumo ao Parque, que é rico em beleza natural e você terá o prazer de ver hipopótamos em seu habitat natural. Um segurança local acompanhará a aventura que terminará no final de tarde. Bike, comida e água estão inclusos.

Comunidade

Viajantes Haporís têm uma área exclusiva onde, além de dicas e troca de experiências, podem escolher e comprar tours e até mais dias na ONG mesmo depois que estiverem lá.

Pontos turísticos

  • Ilha de Zanzibar
  • Monte Kilimanjaro
  • Olduvai Gorge
  • Dar es Salaam
  • Prison Island

Pra quem é

É o destino certo para quem gosta de explorar a natureza e não tem medo de um desafio.

O país abriga o famoso monte Kilimanjaro e o paradisíaco arquipélago de Zanzibar com belas praias e a cidade histórica de Stone Town. Dá uma olhada em volta abaixo!

HAPÔRI PASS

Termômetro da Tanzânia

Usamos uma escala de 0% a 100% para 3 principais itens quando viajamos. Zero é o mais fácil e 100% o mais desafiador. Assim podemos recomendar o melhor destino pra você.

  • AVENTURA 100%
  • Saída da zona de conforto 100%
  • Choque cultural 70%
  • Total 90%

O que isso significa? [Legenda]

De 0% a 50% | Tranquilex

De 51% a 83% | Puxado mas você consegue

De 84% a 100% | Só para os fortes

Clima

As temperaturas na Tanzânia são amenas o ano todo, variando de 25C a 30C.

De outubro a janeiro tem pequenas chuvas, aumentando um pouquinho em fevereiro e março.

Comida

  • Purê
  • Feijão
  • Carneiro
  • Peixe

Língua

  • Suaíli
  • Inglês

Mas como é?

O programa voluntariado Hapôri inclui comida, acomodação e transfer pelo valor diário de R$ 121,00.

Transfer: Transporte local de ida e volta acompanhado de um guia. 150km de Dar es Salaam e 45km de Morogoro.

Sua casa: ONG ECO CAMP NGERENGERE

  • ACOMODAÇÃO | Quartos com 4 camas, 3 camas 2 camas ou individual
  • 3 REFEIÇÕES | café da manhã, almoço e janta + água potável

O que levar na mala

A África é um lugar bem quente, por isso leve roupas leves e mais de calor do que frio. Caso for conhecer o Monte Kilimanjaro ou acampar leve roupas mais quentes para a trilha, caso contrário leve apenas um agasalho que já irá resolver.

Como é um país seco, às vezes pode ter muito pó. Então evite roupas brancas demais. Não se preocupe com roupa de sair, salto ou maquiagem. A mesma roupa que usar durante o dia será a que vestirá a noite e a população é bem simples.

Wishlist (o que levar pra ONG)

Saiba como você pode ajudar a ONG clicando aqui.

O que trazer da Tanzânia

Especiarias e temperos: eles são ótimos na Tanzânia e em qualquer mercado de rua você vai encontrar uma grande variedade de temperos.

Café: existe uma grande variedade de cafés por lá. Aproveite para provar alguns diferentes.

A kanga: são os panos cheio de arte que as mulheres usam, você vai ver que ele pode ser usado para muitas coisas como decoração, objetos em casa, roupa, para segurar o bebê e assim por diante. Vale a pena levar pelo menos uma de lembrança ou para presente. Todas elas tem uma mensagem na barra escrita pelas mulheres em Suahili.

As missangas: são grandes obras de arte por lá e cheias de vida e colorido

Pinturas: Na ilha de Zanzibar você encontra muita arte, mas as pinturas chama bem a atenção.

Quer saber mais sobre a Tanzânia?

Não precisa abrir outra aba, eu te conto tudo aqui!

Dados gerais

A população da Tanzânia atual é de 52 milhões de pessoas e falam predominantemente o Suaíli. Mas onde você vai ficar as pessoas falam Inglês.

O principal meio de sobrevivência é a agricultura.

CAPITAL: Dodoma

POPULAÇÃO: 52 milhões

MOEDA: TZN (Shillings) R$ 1 = 720.970

RELIGIÃO: 60 % cristã, 30% mulçumana e 10% tribais

FUSO HORÁRIO: +6 horas do Brasil e +5 horas no horário de verão

TOMADAS: Tipo D e Tipo G (3-pinos) Voltagem 220v

CÓDIGO TELEFONE DDI: +255

Pra se virar por lá
  • Comida de rua: R$ 1,50
  • Garrafa de cerveja: R$ 3,00
  • Prato de comida local: R$ 4,40
  • Jantar em restaurante: R$ 15 a R$ 30
Pra curtir

Calendário de festivais

Festival de Música de Sauti Za Busara | acontece em Zanzibarno mês de fevereiro em Stone Town. Fique até o último dia pois o festival termina na praia com muita diversão e comida típica. Para saber a data correta, clique em http://www.busaramusic.org

Saba Saba | desde 1954 celebram a TANU: União das nações da Tanzânia em 07 de julho.

Fim do Ramadan | como grande parte da população da Tanzânia é mulçumana, o fim do Ramadãn, período de um mês de jejum, é celebrado em muitas regiões. Como o calendário mulçumano é gregoriano e segue períodos diferentes do nosso, as datas do fim do jejum variam em cada ano. Ele acontece por volta do mês de junho.

Festival Internacional de Filme em Zanzibar (ZIFF) | acontece em Stone Town no mês de julho. Clique no link para saber a data e se informar das atrações: http://www.ziff.or.tz”

Pra ler no avião
  • “Longa Caminhada até a Liberdade – autobiografia de Nelson Mandela
  • Being Maasai – Thomas Spear
  • North of South: an African Journey – Shiva Naipaul”
Os Paranauês

O povo africano é muito limpinho, você vai notar nas casas, nos restaurantes e em toda a parte. Mesmo que as vezes em condições precárias a higiene reina no país, o que nos dá prazer muitas vezes de ficar nos lugares.

Vá sabendo

A África é um lugar desafiador para se viajar e deve se manter sempre atento às pessoas ao seu redor, à maneira que eles te olham e aos seus pertences. Não é nada que te impreça de sair andando e explorando o país, apenas fique atento.

Não existe o hábito de se pagar gorjeta nos locais. Você opta por dar de acordo com o seu bolso e a sua simpatia pelo atendimento. Quase tudo lá é pago em dinheiro, tire uma quantia antes no aeroporto ou em algum caixa eletrônico (ATM machine) próximo de onde estará hospedado.

Os cartões de crédito e a wifi não são das melhores, por isso não espere conseguir fazer ligações de longos minutos pelo Skype com sinal bom. A internet é bem fraca em toda a Tanzânia.

Os transportes são precários por lá. Esteja preparado para ficar em pé ou ir espremido. E até pra bater a cabeça ao passar nas lombadas mais altas #tanzaniatruestory .